Autobiografias trans: escritas em movimento

Leocádia Chaves

Neste livro, a autora apresenta de forma inédita a cartografia da escrita autobiográfica de pessoas transgêneras no Brasil entre 1982 e 2019, reconhecendo-a como fruto de organização e resistência no campo literário contemporâneo. A abordagem dos textos que se abre como espaço de escuta, seja para narradores e narradoras radicais, pois desnudadores dos mecanismos de opressão transfóbicos em nossa sociedade, seja para a insurgência de produtores e produtoras de narrativas de autoidentificação e autovalorização, essenciais para a formação de uma comunidade de partilha, de afetos.