O grupo de estudos em literatura brasileira contemporânea vem realizando, ao longo das duas últimas décadas, uma série de pesquisas que envolvem, especialmente, questões ligadas à representação e à auto representação de grupos marginalizados.

 

Como um dos desdobramentos dessa preocupação, são discutidas as condições de produção, circulação e recepção da literatura brasileira contemporânea, tendo em vista suas instâncias de legitimação e autoridade, os agentes do campo literário (autores, leitores, editores, críticos, professores, tradutores, livreiros), seus movimentos, disputas e negociações.

 

Surge, dentro desse contexto, a necessidade de pensar outras possibilidades de recortes teóricos para caracterizar o panorama literário atual, redimensionando o enquadramento crítico dominante – que costuma avaliar, e avalizar, a literatura brasileira a partir de seu compromisso com a construção da identidade nacional – e ampliando o diálogo com outras áreas de conhecimento.

 

No grupo, são desenvolvidas desde pesquisas coletivas que envolvem quase todos seus integrantes até investigações individuais, passando por parcerias com pesquisadores externos. Em todos os casos, uma característica importante é o debate coletivo e público de seus resultados.

 

LINHAS DE PESQUISA

personagens e autoria

Extenso levantamento estatístico sobre personagens e autoria na narrativa brasileira contemporânea, com foco no romance, mas incluindo também outros gêneros e outras linguagens, como o cinema. Investigação das diferentes possibilidades de representação e de acesso ao campo literário pelos grupos marginalizados. 

a crítica literária em periódicos

Mapeamento e análise da crítica literária acadêmica produzida no Brasil nos últimos quinze anos, a partir da investigação de artigos publicados em periódicos reconhecidos e representativos da área. Identificação das correntes mais presentes, dos autores de referência, das obras mais citadas. Reflexão sobre os diferentes mecanismos de legitimação do campo literário brasileiro.

espaço e literatura

Discussão sobre um conjunto de problemas relativos à configuração do espaço na literatura brasileira contemporânea, com foco tanto nos deslocamentos e nas disputas no campo literário nacional quanto nas tensões estabelecidas a partir de relações conflituosas com o espaço vivenciadas no interior das obras.

representações de grupos marginalizados

Investigação sobre o espaço, na literatura brasileira contemporânea, dos grupos marginalizados – entendidos em sentido amplo, como todos aqueles que vivenciam uma identidade coletiva que recebe valoração negativa da cultura dominante, sejam definidos por sexo, idade, etnia, cor, orientação sexual, posição nas relações de produção, condição física ou outro critério. 

Please reload

pesquisas