Literatura e crítica no Brasil hoje

Jefferson Agostini Mello

A expansão da universidade, a passagem dos escritores e críticos pela academia, e os discursos sobre a literatura começam a se articular na década de 1980 e continuam até os dias atuais. Em Literatura e crítica no Brasil hoje, Jefferson Agostini Mello analisa o campo literário no Brasil contemporâneo e conclui que a produção crítica e a ficcional têm se mostrado restritas e restritivas. O autor reflete sobre o processo de maior institucionalização universitária da crítica e uma profissionalização da produção ficcional, além de seu crescente afastamento da esfera pública.