M. Carmen Villarino Pardo  

 

É professora titular de literatura brasileira na Universidade de Santiago de Compostela (Galiza) e membro do grupo de pesquisa Galabra da USC. Publicou os livros Aproximação à obra de Nélida Piñon, A república dos sonhos: a trajetória de Nélida Piñon no sistema literário brasileiro da segunda metade do século XX (Servizo de Publicacións da Universidade de Santiago de Compostela,2000); Da Galiza a Timor: a lusofonía em foco (organização com Elias J. Torres Feijó e José Luis Rodríguez Fernández; Servizo de Publicacións da Universidade de Santiago de Compostela, 2009) e a coletânea O conto brasileiro contemporâneo (organização com Luiz Ruffato; Laiovento, 2011). 


Contato: carmen.villarino@usc.es

 

Currículo Lattes
 

Site do Grupo Galabra (USC)

Projeto de pesquisa

Processos de exportação da literatura brasileira contemporânea
Nos recentes processos de internacionalização de mercados consideramos necessário conhecer que acontece com a produção literária brasileira para entendermos que dinâmicas funcionam no campo literário brasileiro em relação a uma suposta república mundial das letras e como funcionam nesses novos cenários escritores, produtos, instituição, mercado e repertórios.

 

Participantes: Carmen Villarino Pardo e Luciana Gonçalves Guedes (USC)

 

Textos
Da ‘marginalidade’ ao processo de institucionalização: o caso da poesia no sistema literário brasileiro pós-64  

 

Encontros de escritores brasileiros nos finais da década de 1970: um mecanismo de institucionalização e de mercado 

 

Produtos literários como estratégias para a construçom de umha idéia de identidade Brasileira. 1984, ano de expectativa(s)  
 

Nélida Piñon no campo literário brasileiro em 1969 
 

Nélida Piñon en el sistema literário brasileño: la conquista de prestigio y procesos de profesionalización 

 

Mercados para a literatura brasileira 

 

Estrategias en el mercado editorial brasileño de las décadas de 1960-70. El papel de las antologías de cuentos y el caso de Missa do Galo. Variações sobre o mesmo tema 
 

A conquista de autoridade intelectual. Polémicas, debates e boom editorial em meados dos anos 70 no Brasil