NarrAções da ditadura: por uma ecologia das memórias

Marianna Scaramucci

Neste livro, a pesquisadora italiana Marianna Scaramucci propõe uma reflexão sobre a literatura de testemunho da ditadura militar brasileira nos termos da “ecologia dos saberes” de Boaventura de Sousa Santos. A partir da análise dos romances K., de Bernardo Kucinski, e Não falei, de Beatriz Bracher, a autora discute a potência de uma perspectiva narrativa e performativa, duplicidade resumida no título “NarrAções”. É essa práxis memorial ecológica que permite aos testemunhos ficcionais atuarem como modalidades de resistência epistêmica a partir do discurso e da linguagem.