Pollianna de Fátima Santos Freire

É doutora em Literatura pela Universidade de Brasília. Dedica-se a pesquisas sobre feminismos, estudos de gênero, representação e autoria feminina na Literatura Brasileira Contemporânea.

Contato: freirepdfs@gmail.com 

Currículo Lattes

 

Além de ser integrante do grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea ─ Gelbc (UnB) desde 2013, foi investigadora predoutoral visitante em ADHUC ─  Centro de Investigación Teoría, Género, Sexualidad, na Universidade de Barcelona, entre outubro de 2018 e setembro de 2019, período em que atuou, além de pesquisadora, como professora convidada, ministrando a conferência intitulada “Conceição Evaristo: afrodescendencia, género, classe”, no “Taller docente Lletra de Dona. La reseña crítica de literatura brasileña contemporânea”; atuou na organização da biblioteca voltada aos estudos de gênero e feminismos do ADHUC; preparou material didático-pedagógico de Literatura Brasileira Contemporânea sob a supervisão Prof.ª Dr.ª Helena González Fernández; e, ainda, colaborou com a organização de eventos, a exemplo do “Culturas sexuales y masculinidades en la Transición” também promovido pelo ADHUC, na Universidade de Barcelona, em 2019. Ministrou, ainda, como palestrante, juntamente com a Prof.ª Dr.ª Virgínia Maria Vasconcelos Leal, a conferência “Feminismos ancestrais: as famílias e as mulheres em narrativas de Carolina Maria de Jesus e Conceição Evaristo”, em 2019, na Universidade de Santiago de Compostela, na Galiza, Espanha; apresentou a comunicação “Escritura afro-brasileira, memória e feminismo ancestral: Carolina Maria de Jesus e Conceição Evaristo” na Jornada de Estudios Afrodescendentes realizado na Universidade de Barcelona, Espanha, em 2019; atuou na comissão organizadora e ministrou a conferência “O campo literário brasileiro e a literatura de autoria feminina: a recepção da obra de Martha Batalha no exterior”, no Wien Seminar, realizado na Embaixada do Brasil em Viena, na Áustria, também em 2019; por fim, apresentou a comunicação “Mulheres, feminismos e espaços público e privado na literatura marginal” no Congresso de Lusitanistas em Augsburgo sobre a literatura brasileira contemporânea, realizado na Universidade de Augsburgo, na Alemanha, em 2019. Em 2020, apresentou a comunicação “As mulheres de Casa-grande e senzala: a representação na literatura como contraponto crítico” no Congresso Internacional de Ciências Sociais e Humanas. “La hispanidad y las presencias andalusíes y orientales en la obra de Gilberto Freyre”, realizado na Universidade de Salamanca, na Espanha; foi palestrante convidada do V Colóquio Internacional de Literatura e Gênero, realizado on-line pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI); ministrou a palestra  on-line intitulada “Família e feminismos em diálogo com a literatura brasileira contemporânea”, no canal do YouTube #desnaturalizandooracismo, juntamente com a Prof.ª Dr.ª Norma Diana Hamilton; e, por fim, também foi palestrante convidada da IV Jornada Acadêmica de Letras, promovida pelo Centro Universitário Planalto do Distrito Federal (UNIPLAN), em que apresentou a conferência on-line intitulada “Famílias: os arranjos dissidentes na literatura brasileira contemporânea”.

Textos 

Poéticas do desterro: memórias ancestrais e tradição literária em Carolina Maria de Jesus e Conceição Evaristo

Reflexões sobre conjugalidade e maternidade no conto ‘A imitação da rosa’, de Clarice Lispector

A representação da conjugalidade em ‘Os obedientes’, de Clarice Lispector

As mulheres e as famílias em ‘Becos da memória’, de Conceição Evaristo

Elvis & Madona, uma novela lilás’, de Luiz Biajoni: reflexões sobre a transformação dos vínculos afetivos e suas implicações político-sociais

Ninguém é obrigado a permanecer casado: a ruptura do contrato conjugal no conto aos sessenta e quatro, de Cíntia Moscovich

Mulheres escritoras na literatura marginal

Lygia Fagundes Telles: a força da mulher na literatura brasileira